Novidade facilita a vida de recrutadores e candidatos a vagas (Foto: USP Imagens/Fotos Públicas)

A taxa desemprego no País continua alta, cerca de 12,9%, segundo dados divulgados pelo IBGE sobre o trimestre encerrado em abril de 2018. Em números, a média de pessoas desocupadas é de 13,4 milhões, e em comparação ao mesmo período do ano anterior, o índice é de pequenas melhoras, já que estava em 13,6%.

Na mira de alavancar as possibilidades de trabalho, o site Vagas Online lança uma proposta totalmente diferente do que se conhece nas demais plataformas, em que o candidato necessita buscar as vagas que sejam compatíveis com o seu perfil, cadastrar-se uma a uma e aguardar o retorno das empresas. A novidade vai na contramão desse sistema, pois agora a vaga procura o candidato com perfil compatível para ela e o aciona para dar continuidade no processo de seleção.

Segundo o idealizador do site, Cezar Antonio Tegon, a tecnologia que proporciona otimização do tempo e melhora na qualidade dos serviços de empregabilidade é exclusiva do Vagas Online e vem para revolucionar a forma de buscar uma ocupação.

“Com base nas exigências de cada vaga, contemplando inclusive as características mais especificas de cada uma delas, o nosso robô procura os candidatos que se adequem as estas exigências e os inscreve na oportunidade de forma automática. É de fato a vaga correndo atrás dos candidatos. Depois que o candidato é achado pela vaga e inscrito nesta oportunidade de emprego, ele recebe um aviso e só então, sem nenhum trabalho, descobre que está concorrendo a uma vaga que tem a sua cara. É um sonho de todo candidato, a vaga que ele tanto busca, correndo atrás dele”, revela.

Além da novidade, o Vagas Online oferece produtos e serviços diferenciados como o BOTS, um robô que inscreve os candidatos de forma automática nas vagas que eles tenham perfil; o RAIO X da vaga, gráficos que comparam o candidato com os demais inscritos nas vagas; e o CONCIERGE DO EMPREGO, que através de atendimento telefônico ou whatsapp, especialistas tiram todas as dúvidas da vaga, ajudam a revisar o currículo com as melhores práticas do mercado, entre outras dicas.

Conheça algumas dicas dos consultores para construir um perfil e currículo impecáveis:

- Apresente-se: Coloque suas qualidades profissionais, habilidades, cargos pretendidos e também as características pessoais. Isso é interessante para o recrutador, que gosta de conhecer o candidato por inteiro.

- Atualize-se: Sempre que finalizar projetos importantes ou fizer um curso relevante para sua carreira, inclua no documento.

- Fale mais de uma língua: Hoje em dia, saber falar inglês é mais relevante que uma pós-graduação para quem visa uma empresa multinacional ou de grande porte. Outras línguas também são bem vistas.

- Menos é mais: Não deixe seu currículo enorme, pois os recrutadores buscam qualidade, leitura fácil e clara.  Em vez de listar todas as tarefas realizadas em outras empresas, concentre-se nos grandes projetos. Nos cursos, concentre-se nos que têm relação com sua vaga.

- Referências profissionais: Colocar o contato de outras empresas que você trabalhou e teve um bom relacionamento pode ajudar. Os recrutadores ligam para elas e buscam informações importantes. Quem faz isso ganha tempo e credibilidade.

 

Famosa nas redes sociais, celebridade transferiu popularidade na internet para as suas marcas (Foto: Reprodução/ Instagram)


Se você acessa a internet com frequência, tem uma conta no Instagram ou está ligado no mundo das celebridades norte-americanas, com certeza já ouviu falar nas irmãs Kardashian/Jenner. Mas, se você não está tão ligado assim nesse mundo, talvez seja hora de prestar atenção nelas: Aos 20 anos, Kylie Jenner, a caçula da família, está prestes a se tornar a bilionária (por mérito próprio) mais jovem da história e está na capa da revista Forbes de agosto.

Mas como ela chegou lá? Construindo um império no mundo da beleza, a Kylie Cosmetics. Kylie é a filha mais nova da empresária Kris e Caitlyn Jenner e cresceu em frente às câmeras do reality show Kepping Up With The Kardashians, que estreou quando ela tinha apenas 10 anos.

Enquanto as irmãs mais velhas (Kourtney, Kim e Khloé) tinham os seus próprios dramas pessoais, as caçulas eram vistas como um ponto cômico do programa e, aos poucos, foram se tornando referência entre o público jovem. Kendall, que é dois anos mais velha, decidiu apostar na carreira de modelo, enquanto Kylie ficou à deriva sem ter um nicho só seu, e era apenas reconhecida pelo público adolescente por ter uma conta no Tumblr.

Menções se dividem entre criticas negativas e positivas sobre o camisa dez (Foto: Pedro Martins/MoWa Press)

O craque brasileiro Neymar é o atleta mais comentado no Twitter, dentre todos os jogadores que participam da Copa do Mundo de 2018. Segundo levantamento da plataforma, durante os seis primeiros dias do torneio, o brasileiro superou o português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi. Na quarta colocação, aparece o meia Philippe Coutinho.

Em uma rápida pesquisa realizada na tarde de quarta-feira, 20, a reportagem encontrou diversas publicações sobre Neymar no Twitter. Alguns falam mal do cabelo do rapaz – que já foi até cortado para o jogo de sexta-feira, 22, contra a Costa Rica -, outros dizem que ele é o jogador mais caçado em campo por ser o craque do time.

O brasileiro tem história antiga com a rede social: usuário desde junho de 2010, quando ainda era uma jovem promessa do nosso futebol, suas publicações antigas são frequentemente usadas como “memes”. O rapaz já disse, por exemplo, que queria ver uma versão funk do Rock in Rio, o “FunkInRio”. Em outra oportunidade, escreveu que estava “cansado.com.br/mortocomfarofa”.

Além dos dois melhores do mundo e do jogador do Barcelona, completam a lista Antoine Griezmann (França), Harry Kane (Inglaterra), James Rodriguez (Colômbia), Paul Pogba (França), Romelu Lukako (Bélgica) e Mohamed Salah (Egito). A plataforma não divulgou qual foi a quantidade bruta de publicações sobre cada jogador. 

Confira abaixo a lista dos 10 jogadores da #Copa2018 mais mencionados no Twitter globalmente até o momento

  1. Neymar #BRA
  2. Cristiano Ronaldo #POR
  3. Messi #ARG
  4. Philippe Coutinho #BRA
  5. Antoine Griezmann #FRA
  6. Harry Kane #ENG
  7. James Rodriguez #COL
  8. Paul Pogba #FRA
  9. Romelu Lukaku #BEL
  10. Mohamed Salah #EGY

Versão beta com nova função já está disponível (Foto: Allan White/Fotos Públicas)

O aplicativo WhatsApp está prestes a ganhar um novo recurso que vai facilitar a vida dos usuários: a seleção e execução de ações em massa nas mensagens. Já é possível testar na versão Beta do serviço e, ao invés de selecionar item por item para marcá-los como lido ou arquivá-los, fica mais fácil aplicar uma ação em todos.

A função faz parte da versão 2.18.160 do WhatsApp Beta, programa de testes do mensageiro. Logo a opção estará disponível no mesmo botão onde é possível visualizar mais informações sobre um contato específico. Com todas as conversas selecionadas, é possível marcá-las como lidas, arquivá-las ou silenciá-las, por exemplo.

Ainda não se tem uma previsão de quando o recurso estará disponível para os usuários comuns. No entanto, não costuma demorar muito: em sua última atualização, o aplicativo passou a permitir o bloqueio do botão que grava mensagens de voz, para que os utilizadores não precisem apertá-lo por muito tempo.

Inicialmente, os testes estão sendo realizados apenas para Android, mas também é comum que os novos recursos sejam incluídos em futuras versões do iOS. As informações são do principal blog de WhatsApp do mundo, o wabetainfo.

Youtuber disse que perdeu dinheiro por causa do engano (Foto: Reprodução/YouTube)

Professor de música e guitarrista, o holandês Paul Davids relatou um caso bizarro em seu canal de YouTube: ele teria recebido da plataforma uma notificação por infringir direitos autorais... de uma música de sua própria autoria.

"Em 28 de junho de 2016, eu escrevi, gravei e produzi uma música de fundo e fiz o upload em meu canal. Assim como todas as minhas músicas de fundo, eu mesmo a fiz - não quero me gabar, mas isso é relevante para a história. Eu ainda tenho inclusive o arquivo do projeto original e gravação das faixas no meu computador. Então, não há dúvida de que é uma música original minha", introduziu sobre o assunto.

Quase dois anos depois, no último dia 25 de junho, veio a surpresa: "Fui notificado por e-mail de que a música de fundo que eu havia escrito, produzido e feito o upload há dois anos, a minha música, havia sido flagrada por um método chamado Content ID."

"Alguém pegou minha música, adicionou vocais e guitarras, fez 'sua própria música', colocou-a no Spotify, YouTube, onde quer que seja, e eu sou noticiado por infringir direitos autorais?", questionou.

Em seguida, Paul conta que foi atrás do 'dono da música' pela qual estava sendo notificado, e contatou-o por meio de sua página no Facebook. De acordo com ele, tratava-se de um músico que afirmava ter mais de 20 anos de experiência.

O youtuber então enviou uma mensagem questionando se o músico estaria ciente de que teria usado uma das músicas de Paul como se fossem suas.

A resposta veio em sequência: "Olá Paul, eu não sabia. Eu fiz o download de alguns arranjos de guitarra de algum lugar do YouTube. Se isso era seu, eu peço desculpas. Você consideraria me deixar continuar a usá-la? Se não, eu posso regravá-la. Por favor, me informe como nós podemos resolver isso de uma forma pacífica, obrigado."

Paul conta que, já que não estava perdendo uma grande quantidade de dinheiro, não era uma música tão importante e o problema foi resolvido em questão de horas pela equipe do YouTube, após ela ter sido contatada, não tomou maiores providências, apenas enviou uma última mensagem ao colega.

"Você pode ficar com a música, mas, na próxima vez, você deveria pedir permissão antes de utilizar uma música que não é sua", escreveu.

"Se ele tivesse me pedido previamente, eu com certeza cederia a música para ele, e eu enviaria a faixa em melhor qualidade, em arquivo WAV, não uma porcaria de um excerto de 128-bit do YouTube", acrescentou.

Cristiane e Paulo foram unidos pela internet e pelo gosto musical (Foto: Arquivo Pessoal)

Se você acha que aplicativos, redes sociais e sites de relacionamentos servem apenas para uma ficada sem compromisso, ou apenas para curtir o momento, está na hora de mudar sua concepção. Muitas das conversas que começam na internet acabam no altar, seja nas salas de bate-papo, criadas na década de 1990, ou em plataformas mais atuais, como o Tinder.


Para se ter uma ideia, uma pesquisa feita pela Universidade de Chicago, em 2016, apontou que um terço dos casamentos norte-americanos começam na internet. Na mesma pesquisa, há outro dado interessante. A taxa de divórcio entre quem começou a relação pela internet é de 6%, índice inferior àquele de quem não teve a rede mundial de computadores como cupido, que é de 8%.


Quando postou uma mensagem em uma comunidade do finado Orkut da banda Oasis, em março de 2016, à procura por companhia para ir a um show que ia ocorrer no Brasil, a jornalista Cristiane Peixoto, 38 anos, não pensou que aquela parceria iria durar até hoje.

“É claro que eu tinha vontade de conhecer alguém legal e com gostos parecidos, mas, na ocasião que conheci o Paulo, foi sorte mesmo. Não era a intenção”, contou a jornalista.


Ela decidiu adicionar Paulo Cesar Cabral, hoje com 34 anos, no extinto MSN. Depois de conversas on-line e pelo telefone, o casal finalmente se encontrou no show da banda favorita de ambos. “Eu já estava de olho nele, mas ele não tentou nada, porque eu tinha um outro relacionamento na época. Não era nada sério, mas ele não quis desrespeitar. Então sobrou para mim a iniciativa. Um pouco antes de começar o show, já dentro do local, no meio da multidão, beijei ele e, desde então, estamos juntos”, contou Cristiane.


A união foi tão forte que até a faculdade de Jornalismo eles cursaram juntos. Quem também ficou sabendo da história do casal foi o Noel Gallagher, fundador do Oasis. Em um show solo, que fez durante o festival Lollapalloza, em 2016, ele gravou um recado de felicitações para o casal. “Nem nos meus sonhos mais malucos eu imaginaria tudo isso, lá em 2006, quando comecei um contato via internet”, contou a jornalista.

Treino de inglês acabou em casamento na Flórida

Quando o trabalho de voluntária na Copa do Mundo de 2014 acabou, a recifense Isabella Pappas (nome de casada) decidiu entrar em uma rede social norte-americana cristã para continuar a praticar o seu inglês, mas acabou por encontrar seu futuro marido: o professor Michael Pappas. Depois de diversas conversas escritas, o casal começou a se falar por vídeos. Foi quando o sentimento de Michael começou a partir da amizade para o namoro. “Eu não percebi, pois sempre achei o comportamento americano um pouco frio”, contou Isabella.

Isabella e Michael estão juntos há três anos (Foto: Arquivo Pessoal)


Após dois meses de conversas, Michael decidiu pedir Isabella em namoro por videoconferência, no dia do aniversário dela, em 11 de dezembro 2014. Apesar da felicidade, ela estava insegura. “Foi então que ele decidiu me conhecer pessoalmente e visitar a minha família. Isso aconteceu em fevereiro de 2015. Ele passou apenas um fim de semana em minha cidade natal. Logo após, eu fui conhecer a família dele e ali iniciaram as nossas viagens Flórida-Recife, Recife-Flórida”, explicou a brasileira. Em maio de 2015, surgiu o pedido de casamento. Mesmo insegura, Isabella decidiu dar uma chance para o amor.


Ao todo, foram três cerimônias de casamento: uma grega, por conta da origem da família de Michael, uma americana e outra brasileira. O casal permanece unido e feliz. “Eu jamais imaginei que iria encontrar o amor da minha vida em uma rede social americana. Sempre tive receio de mudar, de sair da minha zona de conforto”, contou Isabella. Segundo Michael, ele já havia ficado atraído pela moça desde a segunda videoconferência, por conta do comportamento “divertido” dela.

Coroa Metade uniu almas gêmeas

Mesmo depois de ter tido algumas frustrações com alguns sites de relacionamentos, a professora Vera Garcia, que completa 50 anos em 2018, decidiu dar uma chance ao site Coroa Metade, no qual encontrou seu marido, o empresário Hélio José de Faria, de 63 anos.

Vera contou que foi objetiva desde o começo. Além de professora, ela é a autora do blog Deficiente Ciente, já que perdeu o braço direito aos nove anos, ao ser atingida por um beiral (última fileira de telhas de um telhado). “Na primeira semana eu já conheci o Hélio”, disse Vera. Duas semanas depois, Hélio apagou o perfil na rede social e disse que já tinha encontrado o que queria.

Com a sintonia entre o casal, o casamento veio logo depois de um ano de namoro. Vera morava em Campinas e Hélio em Limeira, ambas no interior de São Paulo. Com o casamento, os dois chegaram a um consenso de morar em Paulínia, entre os dois municípios de origem.

Vera e Helio se conheceram por meio do site Coroa Metade (Foto: Arquivo Pessoal)

Sistema popularizará ferramentas de realidade aumentada (Foto: Divulgação)

A Apple apresentou, na segunda-feira, 4, o iOS 12, seu novo sistema operacional mobile para iPhones e iPads. A empresa visa popularizar ferramentas que utilizam realidade aumentada, assim como melhorar o desempenho de aparelhos antigos. Todos os dispositivos que usam, hoje, o iOS 11 serão atualizados.

Nos anos anteriores, vários clientes reclamaram de problemas de desempenho e bateria em aparelhos antigos e, por isso, esse foi um dos principais focos da companhia ao desenvolver o novo sistema.

Uma das novidades é a ferramenta “Measure”, que utilizará uma régua virtual para medir coisas no mundo real, utilizando a câmera do celular. O usuário precisará, simplesmente, traçar uma linha sobre o objeto e obterá as informações de comprimento, altura e largura.

O aplicativo de fotos do iOS 12 também ficou mais completo, ficando bastante semelhante ao Google Fotos. A ferramenta terá funções organizacionais e de reconhecimento de imagem, a exemplo do que a concorrente faz há algum tempo.

Serão atualizados os iPhones 5S e SE, além de todas as versões das gerações 6 e 7. Os iPad mini, 3 e 4, Air, quinta geração e Pro também receberão o novo sistema.

Mais Artigos...

Página 1 de 4

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou