Além de Anitta, Bruno D’Orleans atende outras celebridades como Bruna Marquezine e Fernanda Souza (Foto:Reprodução/Facebook)

Saúde

Muitas pessoas procuram academias para ter uma vida mais saudável e conseguir um corpo “escultural”. No entanto, outras, por falta de dinheiro ou tempo, acabam deixando a saúde e o corpo “ideal” de lado.

Conhecido por ser personal trainer de personalidades como Anitta, Bruna Marquezine, Fernanda Souza, Thiaguinho, Michel Teló e Hugo Gloss, Bruno D’Orleans dá quatro dicas aos leitores Metrô News que desejam entrar em forma, mas não têm condições de ir a uma academia – seja por falta de grana ou por tempo escasso. São atividades que podem ser realizadas em casa e sem a utilização de aparelhos caríssimos.

1 – Caminhar - comece com trajetos curtos, mas mantendo um bom ritmo, uma boa intensidade. Progressivamente vai aumentando a distância sem perder o ritmo e a intensidade. É muito melhor caminhar em trajetos curtos, mas com um bom ritmo, do que prolongar.

2- Escada - Use escada de condomínio para subir e descer. Você pode combinar alguns blocos, algumas séries. Por exemplo: se tiver três andares, você sobe os três e depois faz um intervalo de cinco minutos. Aí sobe novamente três andares. Fazer várias séries curtas e em intensidade mais alta.

Ao invés de subir dez andares, faça estímulos curtos, mas com velocidade, intensidade alta e com intervalos de cinco minutos para recuperar.

O que vai prevalecer é a intensidade do exercício e não a duração. Não adianta ficar uma hora subindo e descendo escada com intensidade baixa, e se arrastando.

3 – Exercício de agachamento - Inicie sentando e levantando da cadeira. É preciso tomar cuidado com a postura. As pernas e joelhos durante o movimento devem executar um ângulo de 90 graus.

Tome cuidado para o joelho não ultrapassar o limite da ponta dos pés. Durante o movimento de sentar e levantar, olhando para baixo, você tem que estar enxergando a ponta do pé. Se executar o movimento e não enxergar, é porque está projetando o joelho além deste limite, ou seja, está errado.

Você precisa botar o quadril mais para trás e executar o movimento de sentar e levantar visualizando a ponto dos pés. Com este cuidado você tem a certeza de que está fazendo uma boa execução. A progressão desse movimento é você não encostar mais o bumbum na cadeira e fazer sem o auxílio do banco. Agacha, abaixa o quadril e depois fica em pé novamente, fazendo o movimento de agachamento sem o banco como apoio.

4 – Exercício para fortalecimento de abdômen - Pode ser feito no chão. Com o antebraço e os cotovelos todo apoiado no chão tente levantar o quadril e manter o tronco em posição paralela ao corpo, somente com os pés, antebraço e o cotovelo no chão. O maior cuidado que se precisa ter é manter o corpo alinhado.

Quadril alinhado com a coluna fazendo uma linha paralela ao solo. Fique o maior tempo possível nessa posição. Pode realizar séries de 30 segundos ou 1 minuto, com intervalos entre uma série e outra de 30 segundos ou 1 minuto.

Os leitores pode acompanhar mais dicas e ensinamentos de Bruno D’Orleans em suas redes sociais: site, Facebook, YouTube e Instagram

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Presidente da Fifa se esquivou de perguntas políticas (Foto: Fotos Públicas)

Copa 2018

Jogador admite que na Eurocopa havia um clima de "já ganhou" (Foto: Reprodução/Facebook)

Copa 2018

Croácia faz história e decide título contra a França (Foto FA/Staff)

Copa 2018

A jornalista brasileira Júlia Guimarães, da Globo e do SporTV, foi vítima de uma investida enquanto trabalhava na Rússia (Foto: Reprodução/TV Globo)

Copa 2018
Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou

Articulistas

Colunistas

Poder Executivo não deveria inferir tanto no Judiciário. Escolhas de juízes muitas vezes são mais ideológicas e partidárias do que técnicas (Foto: Antonio Cruz/ABR/Fotos Públicas)

Opinião

Paralisação dos caminhoneiros atrapalhou a economia, mas não foi a principal culpada (Foto: Marcelo Pinto/APlateia/Fotos Públicas)

Opinião

Descansar é necessário. Mesmo para empresários (Foto: Marcelo Lelis/ Ag. Pará/Fotos Públicas

Opinião

Vacina ainda é o melhor método para combater doenças como o sarampo (Foto: Leandro Osório/ Especial Palácio Piratini/ Fotos Públicas)

Opinião