Grid List

Alguns vereadores do Rio também desejam a saída de Crivella (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/ABR)

Nacional

Um grupo de manifestantes invadiu o 13º andar da sede administrativa da Prefeitura do Rio, no centro, na manhã desta quarta-feira, 11. Eles foram interceptados por guardas municipais no corredor do prédio e saíram. Os manifestantes, que se diziam servidores municipais, pediam a saída do prefeito Marcelo Crivella (PRB) do cargo. Segundo a prefeitura, o manifesto acabou em poucos minutos e o grupo "se retirou pacificamente da prefeitura". O vereador David Miranda (PSOL), que estava com os m ...

Novo ministro é sócio da mulher de Gilmar Mendes (Foto: Reprodução/Escritório Sergio Bermudes)

Nacional

O advogado Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello será o novo ministro do trabalho, segundo informou o Palácio do Planalto, em nota oficial. Vieira de Mello assume o cargo em substituição a Helton Yomura, afastado na última quinta-feira, 5, após ter sido um dos alvos na 3ª fase da Operação Registro Espúrio, da Polícia Federal, que tem como objetivo aprofundar as investigações a respeito de organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais no Ministério ...

Família Herzog tem direito a receber 180 mil dólares do governo brasileiro (Foto: Reprodução/CEJIL)

Nacional

A Corte Interamericana de Direitos Humanos condenou, por unanimidade, o Brasil pelo assassinato do jornalista Vladimir Herzog. O tribunal determinou que o Estado brasileiro deve "reiniciar com a devida diligência, a investigação e o processo penal cabíveis pelos fatos ocorridos em 25 de outubro de 1975". Naquele dia, Herzog morreu após ser submetido a tortura no Destacamento de Operações de Informações (DOI), do 2º Exército (SP), que apurava a relação de jornalistas com o Partido ...

Pré-candidato contou uma história própria para tentar justificar sua opinião (Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil/Fotos Públicas)

Nacional

Em visita a Fortaleza, o pré-candidato do PSL à Presidência da República nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, disse que no Brasil não existe racismo. "Aqui no Brasil não existe isso de racismo, tanto é que meu sogro é Paulo Negão e quando eu vi a filha dele não queria saber quem era o pai dela", afirmou o deputado federal nesta quinta-feira, 28, a uma plateia de cerca de 15 mil pessoas em um hotel na praia de Iracema. A afirmação de Bolsonaro foi feita no mesmo dia em que a Procurad ...

Ministro Dias Toffoli rejeitou reclamações contra soltura de Dirceu (Foto: Reprodução/TV Globo)

Nacional

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu deixou o Complexo Penitenciário da Papuda na madrugada desta quarta-feira, 27, e voltou para casa, em Brasília. Ele estava preso desde o fim de maio, após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmar a sua condenação na Operação Lava Jato, mas ganhou a liberdade nesta terça-feira, 26, após decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (SFT). Imagens captadas pela TV Globo mostram o ex-ministro chegando ao seu apartamento, ...

Programa pode garantir até 100% de bolsa em universidades (Foto: Reprodução/Facebook)

Nacional

Estão abertas as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) do 2º semestre de 2018. O candidato deve se inscrever, pelo site, no período que se inicia nesta terça-feira, 26, e vai até dia 29 de junho, sem taxa. Segundo o Ministério da Educação (MEC), serão disponibilizadas 174.289 bolsas integrais e parciais, em 1.460 instituições de ensino superior. Nesta edição, na comparação com o mesmo período do ano passado, a oferta cresceu em mais de 27 mil vagas, segu ...

Waldir Pires era influente na política de seu Estado e no País (Foto: Ricardo Stucket/PR/Fotos Públicas)

Nacional

O ex-ministro da Defesa, ex-ministro da Previdência Social e ex-governador da Bahia Waldir Pires morreu na manhã desta sexta-feira, 22, em Salvador, aos 91 anos. A morte de um dos mais longevos e influentes políticos baianos ocorreu um dia após o ex-governador dar entrada no Hospital da Bahia, em Salvador, com quadro de pneumonia. De acordo com nota da unidade de saúde, ele teve uma parada cardiorrespiratória por volta de 10h e não respondeu às manobras de reanimação. Waldir Pires go ...

Presidente do PT foi absolvida por unanimidade (Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas)

Nacional

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira, 19, absolver por unanimidade (5 a 0) a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), e o marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, das acusações de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato. A análise do processo dos petistas marcou o segundo julgamento de uma ação penal da Lava Jato no STF - no mês passado, a Segunda Turma condenou por unanimidade o deputado federal Nel ...

Vaticano confirma que advogado tem vínculo com a Santa Sé, mas não cita Papa como responsável por mimo a Lula (Foto: franciscoenchile/Fotos Públicas e Reprodução/Facebook)

Nacional

Após negar que o Papa havia enviado um terço ao ex-presidente Lula, que está preso em Curitiba, o site Vatican News, vinculado à Santa Sé, apagou comunicado anterior e emitiu outro para esclarecer o caso. Desta vez, a Santa Sé afirmou que o advogado argentino Juan Gabrois é coordenador do encontro mundial dos movimentos sociais em diálogo com o papa Francisco, confirmando que ele possui relação com Vaticano. No entanto, em nenhum momento, o comunicado cita que o objeto – abençoad ...

Deputada mantém instituto voltado a soluções para deficientes (Foto: PSDB/Divulgação)

Nacional

Com o apoio de 103 países, a deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP) será a primeira brasileira a integrar o Comitê das Organizações das Nações Unidas (ONU) sobre o Direito das Pessoas com Deficiência Física, de 2019 a 2022. O pleito ocorreu durante a 11ª Conferência dos Estados Partes da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, em Nova York, terça-feira, 12.  “Será uma honra representar o Brasil perante as Nações Unidas. Poderemos fazer um trabalho enrique ...

Ex-prefeito é plano B do PSDB para candidatura à presidência (Foto: Renato S. Cerqueira/AE)

Nacional

Uma pesquisa eleitoral, divulgada ontem pelo site Poder360, além de apontar o deputado Jair Bolsonaro (PSL) como líder em todos os cenários, com até 25% das intenções de voto, e vitória no segundo turno, colocou o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o ex-prefeito João Doria (PSDB) em empate técnico, cada um com 6% dos votos em cenários diferentes para o cargo do Palácio do Planalto. Doria é visto por uma ala dos tucanos como uma carta na manga, caso o ex-governador não melhore o ...

Prestar o Enem obriga o estudante a ter atenção para saber interpretar bem as questões (Foto: Divulgação)

Nacional

Com o fim do prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na última sexta-feira, 18, começa a correria para se preparar para a prova. Afinal, deve-se estudar mais exatas ou humanas? Ou o foco é na redação? Como interpretar os enunciados longos, que misturam interpretação com resolução de problemas? Segundo a doutora em Educação e diretora da Escola de Educação do Centro Universitário Internacional Uninter, Dinamara Machado, mais importante do que estudar exau ...

Governador Rui Costa já se reuniu com chineses para discutir projeto (Foto: Mateus Pereira/GOVBA/Fotos Públicas)

Nacional

O grupo chinês Jiangsu Communication Clean Energy Technology (CCETC) deve anunciar nas próximas semanas seu primeiro investimento no Brasil, apurou o Estado com fontes a par do assunto. A empresa vai fazer um aporte de cerca de R$ 400 milhões para construir duas termoelétricas na Bahia: Camaçari Muricy II e Pecém Energia, de 143 megawatts (MW) cada. O valor inclui a compra do controle das duas SPEs (Sociedades de Propósito Específico) e recursos para levantar as usinas movidas a óleo diesel. O grupo chinês terá cerca de 50% de participação nas empresas, que tinham como sócios a Petrobras e um fundo de investimento chamado MDC, gerido pela Pacifico Administração de Recursos. O negócio envolve a participação do fundo, mas os chineses podem comprar 100% das térmicas futuramente. Isso porque a Petrobrás, por meio da BR Distribuidora, anunciou na semana passada a intenção de vender as térmicas dentro de seu programa de desinvestimento. A estatal tem 45% de participação na Pecém Energia e 50% na Energética Camaçari Muricy II - ambas em estágio pré-operacional. As duas usinas deverão começar a operar em outubro de 2020. Procurada, a Petrobras afirmou que não pode comentar o assunto. A Greenhill, que assessora o MDC, e o banco Haitong, que está com os chineses, não se pronunciaram. A CCETC também foi procurada, mas não respondeu até o fechamento da reportagem. A Pacifico não se manifestou. Embora ainda não tenha oficializado o negócio, os chineses já se encontraram com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), para falar dos investimentos nas duas termoelétricas. A empresa asiática se comprometeu com o governo baiano a contratar 70% da mão de obra local. As duas térmicas serão construídas no município de Dias DÁvila, na região metropolitana de Salvador. Evolução As usinas têm histórico longo. Foram contratadas num leilão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 2006, mas a homologação da outorga só ocorreu em 2014. Nesse período, houve muitas idas e vindas, com disputas judiciais em relação ao resultado do leilão, algumas solicitações de mudanças nas características técnicas do projeto e pedido de reajuste de 37% na receita fixa das duas térmicas para recomposição do equilíbrio econômico financeiro dos contratos de venda de energia. A justificativa das empresas é que uma série de fatores impossibilitou que as obras fosse feitas no cronograma original e que a crise alterou as condições de financiamento. O pleito, no entanto, não foi aprovado pela Aneel. Em contrapartida, o cronograma de construção da usina foi aprovado pela agência reguladora. 

Alguns vereadores do Rio também desejam a saída de Crivella (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/ABR)

Nacional

Um grupo de manifestantes invadiu o 13º andar da sede administrativa da Prefeitura do Rio, no centro, na manhã desta quarta-feira, 11. Eles foram interceptados por guardas municipais no corredor do prédio e saíram. Os manifestantes, que se diziam servidores municipais, pediam a saída do prefeito Marcelo Crivella (PRB) do cargo. Segundo a prefeitura, o manifesto acabou em poucos minutos e o grupo "se retirou pacificamente da prefeitura". O vereador David Miranda (PSOL), que estava com os manifestantes, relatou, porém, que a Guarda Municipal agiu com truculência. "O movimento estava pacífico até a hora que tentaram agredir a gente. A Guarda Municipal, truculenta mais uma vez, machucou uma de nossas companheiras. Tivemos que agarrá-la porque agarram ela fortemente. Mas nós mostramos o nosso recado", disse Miranda, em um vídeo divulgado em seu Facebook, falando ainda de dentro do prédio. Crivella passa por uma crise institucional desde quando foi divulgada uma reunião fechada, no Palácio da Cidade, na qual ele ofereceu ajuda a pastores e líderes religiosos da Universal em cirurgias de catarata e varizes pelo SUS. Além disso, ele ofertou auxílio a pastores que estivessem com problemas de IPTU em seus templos. David Miranda foi um dos 17 vereadores que assinou, nesta terça-feira, 10, um pedido de sessão extraordinária para votar a abertura de processo de impeachment do prefeito. Com isso, os parlamentares deverão voltar do recesso, nesta quinta-feira, 12, para decidir a questão. A assessoria da Prefeitura do Rio informou que recebeu com "muita tranquilidade" a notícia de que o pedido de impeachment será avaliado pela Câmara Municipal. "Inclusive, o prefeito Marcelo Crivella aconselhou sua base a abrir um pedido de mesmo teor àquele apresentado pela oposição, para que tudo possa ser esclarecido. O documento da base protocolado tem, até agora, 26 assinaturas, e a expectativa é que chegue a 30 signatários, 13 a mais do que as assinaturas obtidas pelos vereadores da oposição no outro pedido", informou.

Pré-candidato contou uma história própria para tentar justificar sua opinião (Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil/Fotos Públicas)

Nacional

Em visita a Fortaleza, o pré-candidato do PSL à Presidência da República nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, disse que no Brasil não existe racismo. "Aqui no Brasil não existe isso de racismo, tanto é que meu sogro é Paulo Negão e quando eu vi a filha dele não queria saber quem era o pai dela", afirmou o deputado federal nesta quinta-feira, 28, a uma plateia de cerca de 15 mil pessoas em um hotel na praia de Iracema. A afirmação de Bolsonaro foi feita no mesmo dia em que a Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu em parecer o recebimento da denúncia no Supremo Tribunal federal (STF) contra o presidenciável por racismo contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs. A denúncia narra que em uma palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril de 2017, o deputado, em pouco mais de uma hora de discurso, "usou expressões de cunho discriminatório, incitando o ódio e atingindo diretamente vários grupos sociais". Em seu discurso, Bolsonaro disse que a demarcação de terras indígenas deve ser direcionada para a aquisição de royalties com a mineração. "Quem é o índio? Ele não tem dinheiro. Não fala a nossa língua. Como ele consegue grandes espaços de terra? A esquerda os mantém em grandes espaços como se fossem animais em um zoológico. Isso vai mudar", disse. O deputado federal também aproveitou o evento desta quinta-feira em Fortaleza para fazer críticas ao programa Mais Médicos, do Governo Federal. Segundo ele, Cuba exportou ao Brasil guerrilheiros "fantasiados de médicos". Bolsonaro chegou em Fortaleza no final da manhã. No Aeroporto Pinto Martins, falou com simpatizantes de cima de um trio elétrico na parte externa do terminal. Em seguida, partiu para a Praça Portugal, no bairro Meireles, onde discursou, também em cima do trio elétrico, com apoiadores, dentre eles o presidente estadual do PSL, Heitor Freire.

Cláudia Cruz começa a cumprir pena em liberdade (Foto: Reprodução/Instagram)

Nacional

A mulher do ex-deputado Eduardo Cunha, Cláudia Cruz, foi condenada a dois anos e 6 meses pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no âmbito da Operação Lava Jato. Acusada de evasão de divisas e lavagem de dinheiro, ela havia sido absolvida pelo juiz federal Sérgio Moro, em julgamento de primeira instância. A pena deverá ser cumprida em regime inicial aberto, substituída por restritivas de direitos. A 8ª Turma absolveu Cláudia do crime de lavagem de dinheiro e, diante de sua absolvição e ausente demonstração inequívoca de que os valores constantes na conta Kopek são frutos de ilícitos perpetrados anteriormente, foi determinada a liberação do confisco sobre a sua conta.  Por não ter sido condenada por unanimidade, Cláudia ainda tem direito a dois recursos (embargos infringentes e de declaração) em liberdade, segundo súmula da Corte e entendimento atual do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinam a execução da pena só após exauridos todos os apelos em segunda instância. Na mesma ação, o TRF-4 fixou pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias para o ex-diretor da área internacional da Petrobras Jorge Zelada, e de 16 anos, 3 meses e 6 dias para João Augusto Henriques, apontado como operador do MDB. A Procuradoria da República apontou na denúncia contra Cláudia que a elevada quantia abrigada na conta secreta na Suíça lhe garantia uma vida de esplendor no exterior. O rastreamento de seu cartão de crédito revelou gastos com roupas de grife, sapatos e despesas em restaurante suntuosos de Paris, Roma e Lisboa. Esta ação teve origem em contrato de aquisição pela Petrobras dos direitos de participação na exploração de campo de petróleo na República do Benin, país africano, da Compagnie Beninoise des Hydrocarbures Sarl - CBH. O negócio teria envolvido o pagamento de propina a Cunha de cerca de 1,3 milhão de francos suíços, correspondentes a cerca de US$ 1,5 milhão. Segundo o Ministério Público Federal, parcela da propina recebida por Eduardo Cunha no contrato de Benin teria sido repassada à conta secreta na Suíça denominada de Kopek, titularizada por Cláudia. Nesta mesma investigação, mas em outra ação penal, Cunha também já foi sentenciado. Os desembargadores do TRF-4, por 2 votos a 1, diminuíram a condenação proferida por Moro ao ex-presidente da Câmara e a fixaram em 14 anos e 6 meses. Defesa Para o advogado de Claudia Cruz, Pierpaolo Bottini, a decisão é positiva porque manteve a absolvição da acusação de lavagem de dinheiro, nos mesmos termos da sentença do juiz Sérgio moro. "A condenação a pena restritiva de direitos por evasão de divisas não foi unânime, e por isso será questionará pelos recursos cabíveis".

Alguns partidos ainda não definiram se vão apoiar alguém ou se lançarão candidatos próprios (Foto: Elza Fiúza/ABR/Fotos Públicas)

Nacional

Os partidos políticos começam, a partir de sexta-feira, 20, a oficializar seus candidatos à Presidência da República em convenções partidárias ainda em um cenário indefinido, sem certeza de por quem será apoiado ou a quem deve apoiar. Líder nas pesquisas eleitorais, Lula será oficializado candidato no dia 4 de agosto, mas está impossibilitado de fazer campanha, participar de debates e tem a sombra de Ciro Gomes para retirar votos dos eleitores de esquerda. Ciro, que terá a candidatura oficializada nesta sexta, é tido como o principal nome da esquerda para estas eleições, uma vez que Lula (PT) continua preso enquanto os candidatos de uma vertente mais radical, caso de Guilherme Boulos (Psol) e Manuela D´Ávila (PCdoB), continuam com pontuações pífias em pesquisas eleitorais. Ainda assim, o candidato ainda não fechou coligações expressivas e tenta se aproximar ao máximo do PSB, que quase lançou o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa para o cargo. O PSB deve definir seu futuro no dia 5 de agosto, data limite para a decisão, e o resultado, segundo o governador Márcio França (PSB), ainda não foi definido. A sigla divaga entre apoiar Ciro, Geraldo Alckmin (PSDB) ou mesmo não entrar em uma aliança nacional. Alckmin ainda sofre com o baixo desempenho de seu nome nas consultas de intenções de voto, mas deve crescer com o começo do horário eleitoral gratuito, após ter a candidatura confirmada no dia 4 de agosto, e, de olho no poder, alguns partidos analisam fechar com o tucano. Por sinal, Alckmin e Ciro protagonizam uma briga pelo apoio do Centrão, formado por partidos como DEM, PP, SD, PRB e PR.    Após ver seu vice perfeito ir embora, com a confirmação do senador Magno Malta (PR-ES) de que não irá compor a chapa de Jair Bolsonaro (PSL), o capitão reformado segue como líder nas pesquisas, sem expressar crescimento e com um tempo de tv de apenas quatro segundos, mas com forte apoio de um eleitorado jovem e militante nas redes sociais. Com o adeus de Malta, é possível que a advogada Janaína Paschoal, seja a segunda na sucessão à Presidência na chapa de Bolsonaro. Quem também não conseguiu apoio eleitoral é a ex-senadora Marina Silva (Rede), que mesmo na segunda colocação, empatada com Ciro, não conseguiu fechar bons acordos. Com a morte de Eduardo Campos, em 2014, ela chegou a liderar as pesquisas, mas com a abertura das urnas amargou a terceira colocação e viu Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) disputarem uma das eleições mais acirradas do País. Enquanto isso, o MDB, após romper com o PT, tenta se reposicionar com uma possível candidatura de Henrique Meirelles, enquanto o Novo, um partido de uma vertente mais liberal e que tenta se consolidar como um governo que não onere o cidadão, tenta alavancar João Amoêdo ao cargo. (Eurico Cruz) Fracionamento do Centro torna resultado incerto Segundo o mestre em comunicação e especialista em marketing político Carlos Manhanelli, o fracionamento do Centro contribui para que o cenário de um segundo turno seja cada vez mais imprevisível. “Tudo pode acontecer, como o fracionamento é muito grande, devemos ter pelo menos 11 candidatos, com pequeno número de votos você pode lançar um candidato no segundo turno. Está difícil eleger um candidato de Centro”, afirmou.  Mas, segundo Manhanelli, esta correria para a formação de coligações e definição de candidatos é comum, embora haja uma nova legislação eleitoral. Vale ressaltar que depois do encerramento do prazo para convenções partidárias, as siglas terão até o dia 15 de agosto para registrarem suas chapas junto à Justiça Eleitoral.  Veja o calendário de convenções partidárias Partido Candidato Data PDT Ciro Gomes 20 de julho PSC Paulo Rabelo 20 de julho Psol Guilherme Boulos 21 de julho Patriota Cabo Daciolo  21 de julho Podemos  Álvaro Dias 22 de julho PTB Deve apoiar Alckmin 28 de julho PV Deve definir apoio ou neutralidade 28 de julho PCdoB Manuela D‘Ávila 1 de agosto MDB Henrique Meirelles 2 de agosto Novo João Amoêdo 4 de agosto PT Lula 4 de agosto PSDB Geraldo Alckmin 4 de agosto Rede Marina Silva 4 de agosto PSB Deve definir apoio entre Alckmin ou Ciro/Neutralidade 5 de agosto PSD Deve apoiar Alckmin Ainda não definido DEM/SD/PPS/PP/PR/Pros/PHS – Ainda não definiram data das convenções

Brinquedo foi inaugurado no sábado, 14, e custou R$ 15 milhões (Foto: Reprodução/Facebook)

Nacional

O turista de Sorocaba (São Paulo) Ricardo José Hilário da Silva, de 43 anos, morreu no início da tarde desta segunda-feira, 16, ao cair do brinquedo Vainkará, inaugurado no fim de semana passado pelo Parque Aquático Beach Park, em Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza. Ricardo Hilário descia com um grupo de três amigos no brinquedo quando foi arremessado da boia e acabou batendo a cabeça no chão. Ele teve traumatismo craniano e morreu no local. Através de nota, o parque lamentou o acidente: "O Beach Park Entretenimento confirma que foi registrado um acidente em uma das atrações do parque aquático na tarde desta segunda-feira, 16 de julho. A equipe de segurança aquática realizou o atendimento de forma imediata, mas infelizmente o visitante foi a óbito. O Beach Park lamenta profundamente o ocorrido e está dando todo o apoio, suporte e atenção para a família". A nota do Beach Park destaca que "após o acidente, o parque encerrou as atividades da atração e que só voltará a abrir após a apuração pericial que será realizada pelos órgãos competentes na investigação das causas do acidente. Em respeito a família, o parque não funcionará amanhã, dia 17 de julho". A nota encerra afirmando que "o Beach Park reforça seu compromisso prioritário com a segurança e a integridade de seus visitantes e por isso realiza treinamentos com a equipe de segurança e de primeiros socorros diariamente". O Vainkará é a 19ª atração do Beach Park e custou R$ 15 milhões. Ele tem 25 metros de altura com duas rampas que em trechos deixa as boias em posição praticamente vertical.

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Infantino afirmou que a Copa foi a melhor de todas por causa da arbitragem (Foto: Kin Saito/ CBF)

Copa 2018

França conquistou seu segundo título mundial em 20 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

Copa 2018

Presidente da Fifa se esquivou de perguntas políticas (Foto: Fotos Públicas)

Copa 2018

Jogador admite que na Eurocopa havia um clima de "já ganhou" (Foto: Reprodução/Facebook)

Copa 2018
Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou

Articulistas

Colunistas

Limitação e ampliação do jus puniendi não devem ocorrer de maneira leviana (Foto: Fellipe Sampaio/ STF /Fotos Públicas)

Opinião

Entre 2015 e 2017, o Brasil registrou a fechamento de 2,88 milhões de postos de trabalho (Foto: Pedro Ventura / Agência Brasília/Fotos Públicas)

Opinião

Pré-candidato à Presidência errou ao ofender promotora (Foto: JAÉLCIO SANTANA/Fotos Públicas)

Opinião

União em São Paulo ajudou Centrão a se decidir em nível nacional. Agora, partidos que fazem parte deste grupo vão apoiar Alckmin (Foto: Renato S. Cequeira/Futura Press/AE)

Opinião