Lateral estará nos dois últimos amistosos antes da Copa (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Futebol

Convocado para a seleção brasileira, o lateral-direito Fagner, do Corinthians, desabafou nesta segunda-feira, em entrevista coletiva realizada no CT Joaquim Grava, contra a fama de ser violento em campo.

O jogador falou em caráter e disse que as críticas ocorrem de quem não gosta dele e que os números mostram que ele não é um jogador desleal. Em 233 jogos pelo clube, Fagner levou 52 cartões amarelos e foi expulso três vezes. "Jesus não agradou todo mundo, não é o Fagner que vai agradar", disse o jogador.

"Infelizmente, a gente vive em um mundo em que você é julgado por uma atitude e não por um contexto geral. Tive duas ou três expulsões em 150 jogos, menos de uma por ano de clube, mas infelizmente, tem pessoas que não gostam de você e que vão falar coisas ruins. O importante é meu caráter, que está intacto. E o exemplo que passo para o meu filho. Quem quer falar mal, não posso fazer nada", disse o lateral, chamado por Tite para os amistosos contra a Rússia e Alemanha. 

Fagner deu a entrevista coletiva ao lado do filho, Henrique, que já se tornou conhecido no CT por sempre estar presente nos treinamentos.

O menino, inclusive, chama a atenção pela habilidade com a bola no pé. Ele ingressou no time Sub-8 do Corinthians, para orgulho do pai.

"É gratificante ver a paixão do Henrique (filho dele) pelo futebol e o pai não estar forçando a situação. Ele tem condição de ir longe, mas vai depender só dele. Espero que ele consiga conquistar o mundo", disse Fagner, sem esconder o orgulho pelo filho.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Astro da Dinamarca, Eriksen marcou um golaço, mas viu sua seleção ceder o empate (Foto: Reprodução/ Instagram Associação Dinamarquesa de Futebol landsholdet)

Copa 2018

Título alemão sacramentou hegemonia das seleções europeias (Foto: Wilton Junior/AE)

Copa 2018

Diego Costa fez seu terceiro gol em dois jogos na Copa (Foto: RFS RU/Fotos Públicas)

Copa 2018

Atacante marcou em seu 100º jogo com a camisa uruguaia (Foto: Reprodução/Instagram/aufoficial)

Copa 2018
Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou

Articulistas

Colunistas

Saúde sofre com o congelamento de investimentos (Foto: Tony Winston/Agência Brasília/Fotos Públicas)

Opinião

Tite afirmou que não quer ir para Brasília depois da Copa (Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Fotos Públicas)

Opinião

População idosa cresce a cada dia no Brasil (Foto: Arnaldo Felix / Prefeitura de Caruaru/Fotos Públicas)

Opinião

Presidente norte-americano foi questionado até pela primeira-dama dos EUA (Foto: G7 Organização/Fotos Públicas)

Opinião