Real estaria disposto pagar até 400 milhões de euros, cerca de R$ 1,6 bilhão, por Neymar (Foto: Reprodução/Instagram)

Futebol

Dirigentes do Paris Saint-Germain não querem dar brechas para que Neymar seja seduzido pelo Real Madrid. Por isso, uma comitiva deixará Paris nesta semana com destino ao Brasil só para acompanhar o processo de recuperação do jogador mais caro do time. 

Quem deve desembarcar no Rio de Janeiro é o dono do PSG, o catari Nasser Al Klelaif. A informação é do canal francês TG1. Nasser teve participação direta na contratação de Neymar do Barcelona.

Neymar entra para a segunda semana de recuperação em Mangaratiba, após cirurgia no quinto metatarso do pé direito. A indicação médica é que nos primeiros dias ele tenha de manter o pé para cima, sem pisar. O tratamento levará até três meses.

O dirigente do PSG teria a companhia do diretor esportivo da equipe, Antero Henrique. Mandar para o Brasil os dois cartolas mais importantes do clube francês demonstra o tamanho da preocupação com Neymar, afinal sua transferência foi a mais cara da história, com investimento de R$ 824 milhões e contrato até junho de 2022.

Semana passada, o jornal espanhol AS noticiou que representantes do Real Madrid, o pai de Neymar e dois advogados se reuniram em Paris para discutir uma possível transferência. No encontro, o time espanhol teria demonstrado interesse em ter o atacante por até 400 milhões de euros, cerca de R$ 1,6 bilhão. Nenhuma das partes confirmou o encontro. Antes de se acertar com o Barcelona, Neymar chegou a fazer exames no Brasil com representantes do Real. A negociação não andou.

O técnico Zidane disse que as portas do Real estão abertas. Enquanto não se recupera, Neymar acompanhará de longe seu PSG e aos amistosos da seleção, neste mês, contra Rússia e Alemanha. Médicos e membros do Brasil estão seguros de que ele estará em pé para a Copa.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS

Atacante teve uma fissura no quinto metatarso (Foto: Reprodução/Facebook)

Esporte

O atacante Neymar vai ter que passar por uma cirurgia para reparar a fissura no quinto metatarso – osso do pé que se conecta ao dedo “mindinho” – e só voltará aos gramados em maio, um mês antes da Copa do Mundo. A informação é do Globoesporte.com.

Nesta segunda, 26, o PSG chegou a divulgar uma nota sobre a lesão do brasileiro.  A princípio, o tempo de recuperação era estimado entre três e quatro semanas. De qualquer forma, ele já perderia o confronto contra o Real Madrid, válido pela Champions League. E, dificilmente, atuaria nos amistosos da seleção brasileira diante de Rússia (23/03) e Alemanha (27/03). Agora, oficialmente, ele está fora destas duas partidas.

Com a necessidade do procedimento no pé direito, a recuperação de Neymar será mais longa – cerca de dois meses. Desta forma, o atacante poderá jogar nas últimas três rodadas do Campeonato Francês, competição que o PSG lidera com folga – 14 pontos à frente do vice-líder Monaco.

Caso o clube francês avance até a semifinal da Champions, o brasileiro estaria apto para jogar a segunda partida. Vale ressaltar que o PSG precisa reverter uma desvantagem de dois gols em relação ao Real Madrid, que, na primeira partida das oitavas, venceu a equipe parisiense por 3 a 1, na Espanha. A volta será na próxima terça, 6, na França.

Após imbróglio, PSG anuncia, de maneira oficial, que Neymar será operado para reparar fissura no pé direito (Foto: Reprodução/Facebook)

Futebol

O Paris Saint-Germain confirmou na tarde desta quarta-feira,28, que Neymar passará por cirurgia para correção de lesão no pé direito. De acordo com nota emitida pelo clube francês, o atacante brasileiro será operado no final de semana pelo médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, que será acompanhado por Gérard Saillant, cirurgião do PSG.

"Após um período inicial de tratamento com duração de três dias seguindo os protocolos médicos, a decisão foi tomada em acordo entre o departamento médico do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira", informou o comunicado.

Neymar machucou o quinto metatarso do pé direito na vitória sobre o Olympique de Marselha, domingo, pelo Campeonato Francês. Como é de praxe entre os clubes europeus, o Paris Saint-Germain não confirmou o tempo de afastamento previsto para o brasileiro.

Certo é que ele não entrará em campo no duelo de volta contra o Real Madrid, dia 6 de março, na França. A expectativa é que o craque brasileiro volte aos gramados apenas em maio, um mês antes da Copa do Mundo.

Assim, ele participaria apenas nas rodadas finais do Campeonato Francês. Ele também poderia estar disponível para as semifinais da Liga dos Campeões, caso o Paris Saint-Germain avance na competição.

Por conta da lesão de Neymar, a comissão técnica da seleção chegou a adiar em dez dias a convocação do Brasil para os jogos com a Rússia e Alemanha. Prevista para a próxima sexta-feira, 2, a lista será divulgada apenas no dia 12.

Segundo o coordenador de seleções, Edu Gaspar, há cinco selecionáveis que estão se recuperando de lesão no momento. No entanto, com a cirurgia, Neymar não terá condições de atuar nos amistosos contra Alemanha e Rússia, nos dias 23 e 27 de março, respectivamente.

Craque deve desfalcar seleção em amistoso contra a Alemanha (Foto: Reprodução/Facebook)

Futebol

O atacante Neymar, do PSG, teve uma fissura no quinto metatarso do pé e não joga contra o Real Madrid, partida válida pela volta das oitavas de final da Champions League. O jogo está marcado para o dia 6 de março, às 16h45, na França. A informação foi confirmada pelo próprio clube francês.

Por causa da lesão, o brasileiro deve ficar no mínimo três semanas longe dos gramados. Desta forma, não preocupa para a Copa do Mundo. No entanto, o camisa 10 da seleção não deve participar do amistoso contra a Alemanha, marcado para o dia 27 de março.

 Neste domingo, o craque torceu o tornozelo sozinho em jogo do PSG e deixou o campo aos prantos. Havia suspeita de rompimento de ligamento, o que o tiraria do Mundial da Rússia.

Marquinhos

O zagueiro teve constatada uma lesão muscular de grau 1 após exame de ultrassonografia. Segundo o site Globoesporte.com, o defensor é dúvida para a partida diante da equipe espanhola.  

Na ida, em Madri, o time de Cristiano Ronaldo venceu o adversário parisiense por 3 a 1. Agora, pode até perder por um gol de diferença para avançar às quartas de final da competição europeia.

Fratura no osso já foi descartada, segundo site Globoesporte.com. No entanto, jogador pode ter rompido ligamento (Foto: Reprodução/Facebook)

Futebol

Se no cenário europeu o Paris Saint-Germain ainda não é protagonista, no Campeonato Francês a equipe de Paris é soberana já há algum tempo. Neste domingo, reforçou o seu domínio ao vencer o clássico contra o Olympique de Marselha com facilidade por 3 a 0, em sua casa, o estádio Parque dos Príncipes.

No entanto, o triunfo ficou em segundo plano, pois Neymar torceu o tornozelo em disputa de bola, aos 31 minutos do segundo tempo. Ele saiu de campo na maca, chorando muito e preocupa para o duelo decisivo pela oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa contra o Real Madrid, em Paris, marcado para o dia 6 de março. Até a participação na Copa passar a ser dúvida.

A equipe parisiense terminou a partida com um a menos, já que o técnico espanhol Unai Emery já havia feito as três substituições

O JOGO

 Como quase sempre, o trio formado por Cavani, Neymar e Mbappé decidiu a partida, válida pela 27.ª rodada. O atacante francês fez o primeiro, o segundo foi contra do zagueiro Rolando, após chute do brasileiro, que deu a assistência para o último gol, marcado pelo uruguaio.

Com a 23.ª vitória na competição, o Paris Saint-Germain aumenta ainda mais a sua vantagem em relação ao Monaco, o segundo colocado, que empatou com o Toulouse no último sábado. Agora são 14 pontos de diferença (71 a 57) e o título cada vez mais próximo. Para o time de Marselha, que se manteve na terceira posição, a distância é de 16 pontos.

Na 10.ª rodada, o clássico aconteceu na casa do Olympique de Marselha, o estádio Velódrome, em Marselha. A partida terminou empatada em 2 a 2. Cavani salvou o Paris Saint-Germain da derrota com um golaço de falta no final em dia de expulsão de Neymar.

Em menos de uma semana, as duas equipes vão se enfrentar duas vezes. O próximo duelo será nesta quarta-feira, pelas quartas de finais da Copa da França, novamente no estádio Parque dos Príncipes, em Paris. Como o torneio é disputado em jogo único, quem vencer avança às semifinais.

Antes de a bola rolar, a torcida do Paris Saint-Germain exibiu um mosaico com o personagem Goku, do desenho japonês Dragon Ball Z. Em seu entorno, estavam as seis "bolas de cristal", que simbolizam as conquistas no Campeonato Francês. O time parisiense está muito perto de conquistar o seu sétimo título.

Com a bola rolando, domínio do Paris Saint-Germain do início ao fim, refletido com maior posse de bola e mais finalizações. Absoluto na partida, o time da casa não demorou a abrir o placar O primeiro gol saiu dos pés de Mbappé, que recebeu enfiada de Daniel Alves, cortou para o meio e bateu rasteiro de esquerda, no contrapé do goleiro Pelé. Foi o 10.º gol do atacante francês no torneio.

Na sequência, o gol que ampliou a vantagem foi contra, de Rolando, que desviou para a própria meta o chute rasteiro de Neymar, completando bela jogada de Rabiot pela esquerda. O brasileiro saiu comemorando, mas o árbitro deu o gol contra.

Na etapa final, o time de Marselha continuou a utilizar a estratégia de pressionar a saída de bola do Paris Saint-Germain, mas sem êxito. Com qualidade nos passes, a equipe da casa chegou ao terceiro gol aos 10 minutos após boa jogada de Neymar, que foi ao fundo na ponta esquerda e cruzou rasteiro para Cavani. O uruguaio dominou, girou e bateu forte balançar as redes e decretar a vitória.

 

Para Unai Emery, histórico mostra que vaga para as quartas da Champions ainda não está definida (Foto: Reprodução/Facebook)

Futebol

Sob pressão no comando do Paris Saint-Germain e criticado principalmente por ter substituído o goleador Cavani pelo lateral-direito Meunier antes de o Real Madrid fazer dois gols e vencer o time francês por 3 a 1, na última quarta-feira, na Espanha, o técnico Unai Emery exibiu confiança ao já projetar o duelo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, no próximo dia 6 de março, na capital francesa.

Em entrevista coletiva concedida na véspera da partida que a sua equipe fará contra o Estrasburgo, neste sábado, em casa, pelo Campeonato Francês, o treinador exaltou a força que o PSG vem mostrando principalmente em seus duelos como mandante para apostar que o time de Neymar irá assegurar classificação às quartas de final da competição continental.

"A equipe teve uma boa partida na quarta-feira, mas, no futebol, às vezes é assim. Você pode ser melhor do que seu oponente durante a maior parte do jogo, mas não é bem-sucedido em concretizar as suas chances. Eles conseguiram marcar em suas melhores oportunidades. Estou convencido de que podemos obter a qualificação. Estou feliz com o trabalho dos meus jogadores, mesmo que não tenhamos conseguido o resultado desejado. O time será mais eficaz na partida de volta", afirmou o comandante.

Emery ainda lembrou do histórico recente de vitórias expressivas sobre grandes adversários em jogos do PSG como mandante na Liga dos Campeões para justificar a sua confiança de que a equipe eliminará o Real Madrid.

"Vencemos este ano todos os jogos em casa. E também vencemos o Bayern de Munique (por 3 a 0, em setembro de 2017) e o Barcelona (4 a 0, em fevereiro do ano passado). Penso nisso e estou convencido de que o time vai mostrar seu valor e vamos passar à próxima fase", completou o treinador, que também recordou o fato de que o clube parisiense já goleou o Real Madrid por 4 a 1, em 1993, em uma partida válida pela extinta Copa da Uefa, que na época tinha o mesmo status que hoje possui a Liga Europa.

O treinador também reforçou a sua confiança em Neymar, que exibiu uma atuação apagada no campo ofensivo em Madri e foi criticado por ter feito uma falta desnecessária que lhe rendeu cartão amarelo, sendo que correu o risco de ser expulso por outras posturas consideradas polêmicas ou imprudentes ao longo do jogo. "Neymar fez uma grande partida. Ele mostrou muitas coisas positivas. Se melhorar em alguns pequenos detalhes, mostrará o grande jogador que ele é", acredita Emery.

Com a cabeça inevitavelmente no duelo de volta contra o Real Madrid, o PSG ocupa a liderança disparada do Campeonato Francês, com 65 pontos, 12 à frente do vice-líder Monaco, que abre a 26ª rodada nesta sexta-feira em jogo contra o Dijon, às 17h45 (de Brasília), em casa.

CR7 marcou dois sobre o time de Neymar - PAUL WHITE / ASSOCIATED PRESS / AE

Futebol

Após grande expectativa pelo, até então, o confronto do ano, o Real Madrid fez a lição de casa e venceu o PSG  por 3 a 1, no Santiago Bernabéu, em jogo válido pela ida das oitavas de final da Champions League. O grande destaque da partida foi Cristiano Ronaldo, autor de dois gols. O brasileiro Marcelo também balançou as redes pel time espanhol. Rabiot descontou para os visitantes. 

O jogo começou quente. Zidane não quis esperar e, logo de início, impôs marcação alta sobre a zaga do PSG. que quase resultou em gol. Mas foi a equipe francesa que inaugurou o placar. Aos 32 minutos, Mbappé cruzou e a bola sobrou para Rabiot marcar, esfriando a barriga dos mais de 80 mil madrilhenhos presentes no Santiago Bernabéu.

                                                                                                                                                                                                                               

Marcelo Real Madrid x Paris Saint Germain 140218 FRANCISCO SECO ASSOCIATED PRESS AE

 FRANCISCO SECO / ASSOCIATED PRESS / AE

O banho de água fria veio 12 minutos depois, quando Lo Celso puxou  Kroos dentro da área e o árbitro Gianluca Rocchi assinou penalidade máxima. Atual melhor do mundo, Cristiano Ronaldo não desperdiçou, alcançando seu 100º gol pelo Real Madrid em Liga dos Campeões da UEFA. O gol 101 do craque veio aos 38 do segundo temp. Após cruzamento de Lucas Vásquez, o goleiro Areola rebateu no joelho do atacante português. Marcelo ainda marcou o terceiro, aos 41.

Neymar parou em Nacho

O camisa 10 do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira é o principal trunfo do técnico Unai Emery. Porém, o atacante parou na marcação de Nacho, zagueiro improvisado por Zidane na lateral direita. Neymar sofreu para "fugir" do espanhol. O brasileiro chegu a ficar irritado, fez falta dura e foi punido com cartão amarelo.  Também criou chances, mas pecou ao não finalizar na melhor hora.

Ainda tem volta

O Real Madrid visita o Paris Saint-German dia 6 de março, às 16h45 (horário de Brasília), no Stade Parc des Princes, em Paris, podendo perder por um gol de diferença ou até dois, desde que marque pelo menos dois. Caso a partida termine 3 a 1 para o PSG, o classificado será definido na prorrogação. Se nenhum time fizer gols, a vaga será decidida nos pênaltis. 

VEJA NOSSA EDIÇÃO DO DIA

Astro da Dinamarca, Eriksen marcou um golaço, mas viu sua seleção ceder o empate (Foto: Reprodução/ Instagram Associação Dinamarquesa de Futebol landsholdet)

Copa 2018

Título alemão sacramentou hegemonia das seleções europeias (Foto: Wilton Junior/AE)

Copa 2018

Diego Costa fez seu terceiro gol em dois jogos na Copa (Foto: RFS RU/Fotos Públicas)

Copa 2018

Atacante marcou em seu 100º jogo com a camisa uruguaia (Foto: Reprodução/Instagram/aufoficial)

Copa 2018
Ainda não possui um cadastro? Registre-se

ou

Articulistas

Colunistas

Saúde sofre com o congelamento de investimentos (Foto: Tony Winston/Agência Brasília/Fotos Públicas)

Opinião

Tite afirmou que não quer ir para Brasília depois da Copa (Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Fotos Públicas)

Opinião

População idosa cresce a cada dia no Brasil (Foto: Arnaldo Felix / Prefeitura de Caruaru/Fotos Públicas)

Opinião

Presidente norte-americano foi questionado até pela primeira-dama dos EUA (Foto: G7 Organização/Fotos Públicas)

Opinião